payday loans

<<< Voltar

Sociedade Filarmónica Perpétua Azeitonense

Distrito:
Setúbal
Contacto:
Carlos Medinas
Maestro:
Carlos Medinas
Nº Telefone:
212 181 364
Nº Fax
212 191 577
Morada: R. Soc. F. P. Azeitonense - Vila Nogueira de Azeitão

Local de interpretação do Hino Nacional às 10h30 do dia 5 de Out

Praça da Republica (Rossio) em Azeitão

 

Direcção

Presidente: Manuel Queiroz

 

Historial

     Em 1856 foi criada a primeira banda Filarmónica em Azeitão com a designação de“Sociedade Filarmónica Ordem e Progresso", a qual fez a sua apresentação no dia 1 de Agosto de 1856, data comemorativa de São Lourenço, Padroeiro da terra, sendo composta por elementos das duas freguesias de S. Lourenço e S. Simão. A banda era composta por 32 elementos e dirigida por José Cipriano Arronches, músico e compositor de altas qualidades e que exerceu a sua actividade através de bailes e concertos efectuados nos adros das igrejas do concelho de Azeitão, em particular nos de São Lourenço e São Simão.

  

     Mais tarde por desavenças ocorridas durante as Festas de S. Gonçalo, entre os músicos das duas freguesias do concelho de Azeitão, levaram á dissolução desta e á criação de duas Sociedades uma em cada uma das freguesias.

  

     No ano de 1881 devido à impossibilidade de reconciliação entre os músicos das duas freguesias, resolveu-se formar uma banda filarmónica em Azeitão, constituída por elementos da Freguesia de S. Lourenço. A primeira apresentação da nova Banda “Sociedade Filarmónica de Vila Nogueira de Azeitão” efectuou-se no dia 25 de Abril de 1882 domingo de Páscoa, a banda por correu as ruas de Vila Nogueira de Azeitão, dirigindo-se ao Rossio onde era aguardado por algumas meninas da terra, as quais tiveram a gentileza de colocarem raminhos de Perpétua no fardamento dos músicos, simbolizando a perpetuação da fundação da Sociedade e acabar com a real fundamentação dos conflitos ocorridos anteriormente.
Apesar de ter sido fundada no dia 23 de Abril de 1882 só se tornou necessário submeter, em 1901, os seus estatutos datados de 18 de Junho desse ano e com o seu registo no Governo Civil de Lisboa em 19 de Setembro de 1901, com o nome que de "Sociedade Perpétua Azeitonense".

  

 Estava assim formada a hoje conhecida “Sociedade Filarmónica Perpétua Azeitonense”, que modestamente e com algumas crises económicas foi resistindo até aos tempos actuais. Ao longo de todos estes anos a Banda Filarmónica da S.F.P.A., tem feito concertos por todo o país e estrangeiro. Procissões, arruadas,etc. contribuindo assim para o desenvolvimento cultural das populações.

  

   Durante toda a sua existência foi dirigida por vários Maestros que todos contribuíram para o seu aperfeiçoamento e bom nível. Citamos alguns nomes tais como (António Gonçalves, António Patrício, Eduardo Gomes, Mário Marques, Agostinho Caineta, José Augusto Carneiro, Joaquim Fernando Caineta, João Neves, Manuel Moreira, Agostinho Caineta, Henrique Jonas Piloto sendo actualmente o seu Maestro Carlos Manuel Baúto Medinas ).

  

   È formada por cerca de sessenta elementos na sua maioria amadores, que divulgam um reportório variadíssimo utilizando Compositores do período Barroco, Clássico, Moderno e Contemporâneo, sempre com um nível de qualidade apreciável.

 

    Recentemente fez uma gravação de um CD com compositores actuais, Portugueses, Holandeses e Espanhóis.

 

   Foi agraciada com o Diploma e Medalha de Ouro de Instrução e Arte da Federação Portuguesa das Colectividades de Cultura e Recreio, Medalha de Ouro e Mérito da cidade de Setúbal, Medalha de Ouro da Junta de Freguesia de Vila Nogueira de Azeitão.

   Mantêm uma Escola de Música com actividade diária para poder renovar os seus quadros sempre que necessário.

 

 

Extensions by Siteground Web Hosting